10 COISAS PARA SE APRENDER ANTES DOS 30

04-08-2017

por Gisele Meter

Comportamento

Cada novo ciclo que se completa, desperta em nós reflexões profundas sobre a vida, propósitos, sonhos e tudo mais que pode fazer parte desta caminhada da qual fomos destinados.


Esta reflexão, no fundo é uma oportunidade de olhar para trás buscando resgatar nossos aprendizados e conhecimentos adquiridos ao longo dos anos, e nessa busca encontrarmos ainda mais significado à estrada que precisamos percorrer.


Ao fazer isso, consequentemente, podemos nos surpreender, tamanha bagagem que adquirimos em nossa existência e desta forma percebemos como a vida pode ensinar de diversas maneiras.


Percebemos também, como podemos ser agraciados com pequenas alegrias do dia a dia e que nossa existência nunca passa despercebida, mas que acima de tudo, que somos compostos por nossas experiências e escolhas e é exatamente isso que nos torna únicos em nossa maravilhosa jornada por aqui.


Ao longo de nossa vida, podemos aprender muito, mas devemos sempre fazer uma análise das coisas que nos tornaram a pessoa que somos hoje, assim, podemos descobrir que a nossa existência vale a pena e que somos especiais à medida que damos o melhor de nós, por aquilo que acreditamos em busca de nossos sonhos e da felicidade plena.


Pensando em minhas experiências elaborei este artigo, com 10 coisas que aprendi antes dos trinta e ao longo de minhas vivências, são atitudes, comportamentos e observações que contribuíram muito para a minha felicidade, acredito que cada pessoa carrega em si a dádiva de ser única, aprendendo a cada dia e compartilhando o que sabe.   Confira:


1 – Quanto mais cedo você fizer escolhas, maiores são as chances de elas darem certo


A todo o momento fazemos escolhas, desde que acordamos, até nos deitar depois de um dia produtivo. Decidimos que roupa usar, o que devemos comer e que caminho tomar para o trabalho, tudo parece tão simples, mas se pararmos podemos mudar toda a rotina de nossa vida. Estar consciente sobre escolhas é a melhor maneira de decidir assertivamente, quanto mais cedo souber disso, melhor decidirá, tendo grandes chances de que elas sejam decisões acertadas. Quando falo que quanto mais cedo fizermos escolhas, maiores são as chances de acerto, me refiro ao tempo que temos para reprogramarmos a rota de nossa vida, podendo adotar assim outros caminhos para chegarmos em nosso objetivo.  


2 – Ganhar dinheiro é bom, mas saber como utiliza-lo é melhor ainda


Vivemos focados em ganhar dinheiro e pouco nos preocupamos em como utilizar estrategicamente o que conquistamos. Devemos sim nos preocupar em ter uma boa renda, mas saber como utilizá-la é fundamental para o nosso sucesso. Pensar em como investir, como gastar e até mesmo o momento de cortar custos são de uma importância fundamental, para se realizar também neste aspecto de sua vida.  


3 – É preciso bancar suas decisões, mesmo que esteja com medo


Tudo bem que você não tem garantias, vou lhe contar um segredo… Ninguém tem! O que hoje pode parecer certo amanhã pode não ser nada disso. Enfrente seu medo, faça seu destino somente desta forma você poderá crescer, como pessoa e como profissional, construa a sua história e não deixe que o medo te afaste dos seus objetivos.  


4 – Seja otimista


Ainda não encontrei melhor forma de ver o mundo, se não com otimismo! Isto realmente muda nosso prisma diante das situações. Seja otimista, não boba ou inocente. Seja também realista, mas acredite sempre, que tudo pode ter uma solução positiva.  


5 – Aprenda com seus erros


Pouco aprendemos com o sucesso, crescemos mesmo é nas adversidades. Procure tirar boas experiências de seus erros, encontre uma forma de se superar através de falhas cometidas. Não se abata, siga em frente, mas não esqueça o que passou grandes lições mesmo que nem sempre positivas, nos fazem crescer e adquirir experiência, procure aprender com elas.  


6 – Insista naquilo que acredita


Existem muitas maneiras de se chegar a um objetivo, não é porque você não conseguiu de um jeito que vai deixar tudo como está. Encontre uma forma, busque um meio, use a criatividade, mude a direção se for necessário, mas não recue jamais, quando acreditamos em nós mesmos despertamos a autoconfiança para realizar grandes feitos.  


7 – É melhor aproveitar uma oportunidade que tenha que abandonar depois do que ficar pensando o que seria se você não a tivesse desperdiçado


Um dos maiores arrependimentos das pessoas, está relacionado a não fazer o que gostaria de ter feito. Aproveitar uma oportunidade é dar a si mesmo a chance de tornar algo possível. Muitas angustias nascem a partir da dúvida. Afaste este mal, abrace as oportunidades e não se culpe caso perceba que precisa abandoná-la para tomar outro caminho. O importante é arriscar.  


8 – Existem pessoas que são mentores, padrinhos, anjos ou guias, saiba identificá-los e acima de tudo escute o que eles têm a dizer


Existem pessoas que aparecem como quem cai de paraquedas em nossas vidas e são justamente elas que fazem a grande diferença. Permita-se observar ao seu redor, abrir oportunidades para que os grandes presentes em forma de pessoas surjam em seu caminho. Saiba valorizar quem lhe quer bem, esta é a melhor forma de agradecer todo aprendizado que você poderá adquirir com elas.  


9 – Escute o que você tem a dizer


Ninguém melhor para falar o que você precisa saber além de você mesmo. Em alguns momentos, desacelere procure escutar o seu coração, o seu corpo ou seus pensamentos. Eles poderão te dar muitas respostas para o que precisa, além de ser a melhor forma de desenvolver o autoconhecimento, algo fundamental em todos os aspectos de nossa vida.  


10 – Tudo tem seu valor, saiba qual é o seu e não deixem que te digam o contrário


Devemos aprender a nos dar valor, somente desta forma podemos firmar nosso passo e seguir confiante rumo aos nossos objetivos. Se não nos valorizarmos, os outros farão isso por nós e talvez eles não saibam identificar o quanto podemos significar. Portanto, valorize-se e não deixe que nada te tire a alegria de ser quem você é.


Gisele Meter

Fundadora da Plataforma Liderança Feminina, Diretora de Marketing e desenvolvimento da BM Pré Moldados, psicóloga e escritora.