OS CAMINHOS PARA O SUCESSO DA LIDERANÇA FEMININA

06-03-2017

por Gisele Meter

Liderança

Engana-se quem pensa que não há um caminho a se trilhar, no que se refere a Liderança Feminina. No entanto, este caminho não é uma estrada pronta, e mais do que isso, para chegar onde deseja, você vai precisar abrir passagem, desbravar terrenos e construir sua trilha rumo ao sucesso mas antes, precisa saber se tem as ferramentas certas para pavimentar brilhantemente seu caminho. 


A primeira coisa que se deve saber quando se trata de Liderança, seja ela feminina ou masculina, é que quase tudo se trata de um jogo mental, onde você é seu próprio e maior adversário e neste nível do jogo vencer ou perder, só depende de você. 


Algo que sempre repito quando se trata de liderança é: Para liderar os outros, antes é necessário liderar a si mesmo, e isso implica em se conhecer, saber como age e o que quer para si.  


Outro ponto importante, é fundamental ter para si uma palavra que reúne tudo – Comprometimento. Quando você decide se comprometer com algo, escolhe cruzar uma linha invisível entre ser uma pessoa para quem as coisas acontecem para se transformar em uma pessoa que faz as coisas acontecerem e isso significa assumir as rédeas das circunstâncias de sua carreira, de sua vida e muitas vezes da vida de outras pessoas. 


Assumir um compromisso exige muita coragem e vontade de lutar por aquilo que quer, mesmo que essa luta seja contra o próprio medo. Comprometer-se é decidir seu desenvolvimento, aproveitar oportunidades e enfrentar seus medos mais profundos e justamente por isso é uma das primeiras coisas que se deve ter em mente quando decide fazer algo, seja ele o que for. 


Mas não basta apenas se comprometer, é preciso ficar de olho no termômetro da persistência. De nada adianta se comprometer e faltar o combustível da persistência, te fazendo desistir no meio do caminho, gerando aquela sensação de frustração e incapacidade. 


Algo que você precisa saber é que persistência nada tem a ver com teimosia. Persistir é encontrar caminhos alternativos para conseguir o que se quer, enquanto teimosia é fazer sempre do mesmo jeito esperando resultados diferentes. Saiba que a tríade autoconhecimento – comprometimento – persistência, são a base para a construção de sua liderança e consequentemente do seu sucesso, mas isso não é tudo. 


Uma armadilha que pode te levar ao fracasso na jornada, é não ter sua própria definição de sucesso. Saber que sucesso não é aquilo que os outros dizem, que a TV mostra ou que as redes sociais compartilham é de suma importância para se ter resultados satisfatórios pois, afasta você de comparações desnecessárias. Cada pessoa, deve ter para si sua própria definição de sucesso e se orientar pelo que acredita. Por exemplo: Existem pessoas que acham que sucesso é ganhar muito dinheiro, outras acreditam que é ter qualidade de vida, existe ainda as que afirmam que sucesso é fazer o que se gosta. Independente de qual seja sua definição, busque por aquilo em que crê e não pelo que os outros dizem. Afinal de contas, é o seu futuro que está em jogo. 


E por falar em jogo, tenha consciência de que fazer escolhas é como uma aposta que implica em riscos, ou seja, quando você decide o que quer e faz essa escolha de maneira pensada, deve saber também que esta oportunidade vem com riscos, é quase como um combo. E vamos ser francos, carreiras e vidas se constroem sobre decisões que envolvem riscos, basta olhar para a sua própria trajetória e colocar um “e se” em muitas das experiências que viveu, na certa descobrirá que correu mais riscos do que pode imaginar, e muitos ainda estão por vir e não há nada de errado nisso, desde que seja baseado no que você conhece de suas forças, no que gosta de fazer e no que lhe traz significado - é assim que se traça o caminho da autorrealização. 


  Outros pontos importantes para o sucesso na liderança feminina, são o otimismo a autoconfiança e a percepção profissional sobre si mesma em relação ao meio, pois, de nada adianta se desesperar ou manter uma postura negativa diante das situações, principalmente no que se refere aos seus talentos e habilidades. Uma pesquisa conduzida por Linda Babcock e Sara Laschever denominada Women don’t ask mostrou que a autoestima de uma mulher, varia mais em relação a um feedback do que a de um homem. Essa diferença se dá ao fato de as mulheres serem mais propensas a um locus de controle externo – e acreditam que não podem controlar o que ocorre com elas. Quando acontece algo como uma crítica negativa, elas acham que não há nada que possam fazer para mudar isso e se sentem péssimas. Já uma pessoa com locus de controle interno, não se sente tão mal porque acredita que pode mudar a situação e isso está muito relacionado a maneira como se vê o mundo e também como se sente a respeito de si mesmo. 


Por isso, trabalhar com pontos de equilíbrio emocional e percepção de realidade, também são fundamentais para se trilhar um caminho de sucesso. Fantasiar demais, sobre fatos percebidos pelo que se acha e não pelo que é pode colocar tudo a perder e isso é uma das piores coisas que pode acontecer com sua carreira. Ser cegado pelas emoções é como trair a si mesmo e isso não é bom. 


Existem ainda, outros fatores que favorecem e até mesmo aceleram seus passos rumo a liderança e isso tem a ver com sua criatividade para resolver problemas, postura flexível para ouvir outras opiniões, adaptabilidade frente a situações adversas ou uma mudança súbita de rota, quando menos se espera.


E para finalizar, se eu pudesse te dar apenas um conselho, antes ou até mesmo durante sua jornada de liderança, este conselho seria - “Cuide de sua fonte de energia”. E quando falo isso, me refiro aos 4 fatores que impactam diretamente em seus resultados, e são eles: sua energia física pois, sem saúde e disposição não se vai muito longe, sua energia emocional que diz respeito a manter bons sentimentos e cultivar emoções positivas acerca de si mesmo, das situações e do meio em que está inserido, sua energia espiritual que está relacionada a encontrar significado para a vida e por fim sua energia mental que te ajudará a ter foco durante todo o processo. Tudo isso contribui para algo chamado atitude, e esta é a pedra fundamental para se trilhar um caminho de sucesso – O seu caminho de sucesso.

Gisele Meter

Fundadora da Plataforma Liderança Feminina, Diretora de Marketing e desenvolvimento da BM Pré Moldados, psicóloga e escritora.